To be or not to be…

Parafraseando a talvez mais famosa expressão literária do universo, atribuída ao inglês William Shakespeare, “ser ou não ser, eis a questão”, dou meu pontapé a este novo blog depois de mais de dois meses de inatividade. Realmente, não temos muitas escolhas a não ser escolher. Você caro leitor, pode estar aí indagando dentro de si […]

Faça a coisa certa!

Por que não fazemos a coisa certa? A pergunta parece simples, mas não é. Afinal, somos indivíduos, ou seja, somos únicos, cada um com suas peculiaridades e idiossincrasias, cada qual a sua maneira singular. Entretanto, temos muita coisa em comum; afinal, somos seres humanos- possuímos desejos, temos medo, sentimos frio, calor, alegrias, emoções, indagações e […]

A cura.

Fui nascido o caçula de quatro irmãos. Aos cinco anos de vida, meus pais se divorciaram. Minha mãe casou-se de novo; meu pai idem. Cresci, não obstante a separação dos meus pais, de forma livre, leve e lúdica. Brincava o tempo todo, tinha vários colegas e uns dois amigos.Mais que isso, fui crescendo e me […]

“Quase sem querer”

No começo fiquei meio assustado, não sabia a veracidade da coisa, nem conhecia a moça direito. Passados dois dias, resolvi topar a parada! – Começaria, ali, meu périplo sobre o que significava jornalismo de dados (até então já tinha ouvido falar, mas possuía uma pequena ideia do que poderia ser.) – Os três dias seguintes […]