O imperdoamento de Victor

Victor era uma criança muito inteligente, agudo e com um alto grau de responsabilidade e também muito sensível. Os anos se passaram e Victor tornou-se um adulto medíocre e com um coração dilacerado e cheio de mágoas.

Sua relação com seu pai nunca foi um primor e, após a separação deste com sua mãe começava aí uma sucessão de erros e atitudes desprovidas de senso e auto-crítica.

Victor enveredou-se por caminhos tortuosos; chegou, aos poucos, no fundo do poço.

O que teria acontecido com ele caso seus pais não tivessem se divorciado?

Sinceramente não sei responder, mas o perdão com aquilo que fizeram com Victor poderia torná-lo mais humano, sensato e um homem mais sincero e afável consigo e com os seus semelhantes..

Victor hoje luta tenazmente pela sua sobrevivência psíquica e tenta, de todas as formas, esboçar uma reação e reerguer-se. No entanto, encontra muitas adversidades no meio do caminho, como, por exemplo, a falta de aceitação e perspectiva de dias melhores.

Hoje Victor é um homem de meia idade e conta a seu favor uma urgência pela mudança! Todavia, tem contra si uma verdadeira obsessão em tentar decifrar o porquê de todas as intempéries e contratempos. Deveria ele achar uma solução imediata ou tentar, de algum modo, ser mais compassivo consigo e descobrir um novo significado para a sua existência ao perdoar aquele que tanto o feriu?

A resposta para esta e tantas outras indagações, honestamente não saberia responder; mas uma coisa é certa: se Victor escolhesse o caminho (nem sempre mais fácil) do perdão, certamente exalaria pelos quatro cantos o encanto de sua alma…!

4 comentários sobre “O imperdoamento de Victor

  1. Fred: Quando percebi que você curtiu algo que publiquei (“O Sentido da Vida – Uma Atualização”) vim ver o seu blog — e entendi, em parte, porque você curtiu meu artigo. Parabéns pelo conteúdo de seus artigos. Meu perfil no FB é eduardo.chaves e minha página (fan page) é educhv. Gostaria, se lhe interessar, de continuar a ter contato. Moro em Salto e São Paulo, com tendência de ficar cada vez mais tempo em Salto. Abraço — e parabéns pelos seus filhos.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.