PEDIDO SINCERO

Provérbios 17:17

“Em todo o tempo se ama o amigo e, na angústia, nasce o irmão”

Quase sempre escrevo meus textos de madrugada, quando a casa está em paz, quero dizer, em silêncio. Quase todas as vezes que escrevo também já tomei meus remédios para a insônia que vêm me perseguindo por tanto tempo…

Procuro dizer com isto que, não obstante o fato de escrever meio dopado pelo efeito dos medicamentos, sinto-me mais à vontade; sinto um espaço que perdi de mim mesmo há algum tempo – o de ficar sozinho, curtir minha companhia e assim, exorcizar meus medos, aflições , angústias e , porque não dizer, revelar-me mais. Sim, esta é uma palavra-chave importantíssima do meu quebra-cabeça!

Preciso, urgentemente, colocar para fora aquilo que me incomoda, sufoca, suprime, tolhe, me faz sentir menor que os demais. Lá no fundo sei do meu potencial e também, ocasionalmente, aonde quero chegar,

Entretanto, necessito de uma palavra amiga, de uma confiança dos outros na minha pessoa que perdi (grande parte por culpa minha) e ir além..

Deus, não me desampare neste momento tão delicado e do qual preciso forças para lutar, jamais abaixando a guarda.

Se o modus operandi mudou e tive que me readaptar a nova realidade, tenho muita gratidão a um amigo e primo em especial: você, Rodrigo, tem se mostrado um amigo ímpar e um cara que tem buscado se despojar do “velho homem” para trazer-me boas-novas.

Grato sou pela sua vida, meu irmão camarada, meu brother e meu novo soul mate, ou seja, amigo da alma, amigo verdadeiro, que me exorta e me aconselha tenazmente a soltar-me das antigas amarras que só tem me prejudicado ao longo desta jornada chamada VIDA.

Finalizando, que a paz de Deus e a sua justiça me acompanhem por todos os dias da minha estadia aqui e que, por outro lado, eu desabroche e me torne um homem digno de calçar suas sandálias, ó meu Senhor…!

Obrigado à todos meus leitores pela paciência, carinho e admiração por mim, sabendo que esse é um processo do qual não posso fugir mais se realmente quiser voltar ao primeiro amor, em outras palavras, me libertar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.